sábado, 13 de junho de 2015

Reunião do Grupo de Pesquisa Mandrágora / NETMAL do dia 27/05/2015, contou com a apresentação da pesquisa de Kim Beecheno do King's College London




A estudante do King's College London, Kim Beecheno compartilhou com o grupo a sua pesquisa de doutorado Negociando o Patriarcado: Uma Investigação nas Tensões entre os Direitos da Mulher, Igualdade de Gênero e os Conceitos de Gênero Religiosos e Conservadores no Brasil. Kim compartilhou conosco que sua formação inicial é em letras e que depois passou a estudar sobre direitos humanos e política na América Central. Compartilhou também que morou durante um bom tempo no Brasil, o que contribui bastante com o seu interesse realizar parte de suas pesquisas aqui no país. 
O interesse de Kim pelo Brasil também por fatores econômicos e a sua relação com o crescimento da classe “c”, e a relação da situação das mulheres no país. Equacionada ás questões econômicas, a pesquisa da Kim relaciona os altos índices de violência contra mulher e a questão da religião e suas posturas fundamentalistas, e a sua forma de construir os papéis de gênero, o que fez com que ela entrevistasse mulheres, principalmente do meio pentecostal sobre a questão da violência. A escolha em entrevistar mulheres pentecostais se apresenta pelo fato de que muitas destas mulheres migraram do catolicismo ou/e do protestantismo para o universo pentecostal. 
De maneira geral, a pesquisa de Kim tem como objetivo entender de que maneira se dá a influência do conceito de gênero construído a partir da cosmovisão religiosa cristã na vida das mulheres e de que forma isso se relaciona com a violência contra as mulheres, e como organizações de cunho religioso que procuram ajudar as mulheres que sofrem com esse tipo de situação podem ser realmente um apoio para as vítimas de violência apesar de estarem vinculadas a um sistema religioso que possui um conceito de gênero com bases patriarcais.



Contato com a Kim: E-mail: kim.beecheno@kcl.ac.uk


Priscila Kikuchi Campanaro

Nenhum comentário: