quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

XIX Semana de Estudos da Religião - Religião, Cultura Visual e Cultura Material (06-08/10/2015)

Aconteceu em Outubro de 2015 na UMESP a XIX Semana de Estudos da Religião com o tema "Religião, Cultura Visual e Cultura Material". 
Estiveram presentes acrescentando para as mesas de debate o Professor Dr. Jorge Miklos (UNIP), com o tema "A importância da Cultura Visual para os estudos de religião"; o Prof. Dr. Joaquim Algranti (Univ. de Buenos Aires) falando sobre "A construção social das crenças: o papel das imagens e mercadorias nas adesões religiosas" e "Religião, cultura material e visual: perspectivas sócio-antropológicas"; e o Prof. Dr. Israel Finkelstein (Tel Aviv University) discutindo sobre "Cultura material e as recentes pesquisas arqueológicas no Levante" e "A revolução da arqueologia na pesquisa bíblica". Na quinta-feira (08/10/15) estavam no debate das mesas a Profa. Dra. Karina Kosicki Bellotti (UFPR) e o Prof. Dr. Luis Carlos Ramos (Coordenador da Rede Latino-Americana de Liturgia) com o tema "Mídia e Religião: Perspectivas contemporâneas".
Contribuíram para o evento e para a academia, dez GT'S de temas mais variados sobre Religião, e o Grupo de Estudos de Religião e Gênero Mandrágora/NETMAL estava presente com o GT Gênero e Religião: tendências e debates, sobre a coordenação da Profa. Dra. Naira Pinheiro dos Santos.
Os trabalhos apresentados foram divididos em dois dias de apresentação contando com discentes do Programa de Ciências da Religião da Umesp, membros do GP Mandrágora/Netmal e de Universidades de São Paulo e de outros estados.
No primeiro dia  (07/10), tivemos a apresentação de Claudia Maria Poleri Oshiro (mestranda UMESP e membro do GP Mandrágora) com o tema "Violência de gênero e religião: uma análise da influência da religião nas relações familiares violentas de mulheres atendidas nas Casas Abrigo Grande ABC".


Claudia Maria Poleri Oshiro


  
 Alexandre Bueno Salomé de Souza (Mestrando em C. da Religião - Mackenzie) com o tema: "Mulheres na Inquisição do Brasil colonial".


Alexandre Bueno Salomé de Souza



Kayte Chaves Oliveira de Lima (Mestranda em C. da Religião - UMESP e membro do GP Mandrágora) discutindo sobre "Assistência de enfermagem às mulheres muçulmanas no Brasil: Uma análise de gênero da relação entre o sistema cultural/religioso islâmico e a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da mulher".



Kayte Chaves Oliveira de Lima



A mestranda Tainah Biela Dias (UMESP e membro do GP Mandrágora) trazendo o tema "Sobre Moral, Toaletes e cidadania: A questão dos banheiros para travestis e transexuais e a resposta de parlamentares evangélicos".



Tainah Biela Dias



O mestrando do Mackenzie, Fernando Pereira Silva com o tema "A posição do Estado sobre a parada LGBT acerca da cosmovisão de evangélicos e não evangélicos".




O doutorando e membro do Mandrágora: Emerson Roberto da Costa (UMESP), debatendo sobre "O discurso de candidat@s evangelic@s paulistas ao Congresso Nacional na campanha de 2014: uma análise em perspectiva de gênero".


 Emerson Roberto da Costa



No terceiro e último dia (07/10), tivemos os temas de comunicações debatidos pelos discentes:

Márcia dos Santos Faria (Teologia UMESP e membro do Mandrágora), com o tema: "Igreja Pública: ação da Igreja Metodista junto a jovens em situação de vulnerabilidade e a necessidade do desenvolvimento de políticas públicas integradas".

Márcia dos Santos Faria



A pós-doutoranda e membro do Mandrágora, Naira Pinheiro dos Santos (UMESP), com a comunicação: "Público e privado em questão: trabalho assistencial de instituições evangélicas junto a populações em situação de rua no centro de São Paulo".


Naira Pinheiro dos Santos



Valeria V. S. Ferreira (mestranda em C. da Religião e membro do Mandrágora - UMESP) com o trabalho: "Ministério Pastoral Feminino Batista e a relação com a Teologia Feminista".


Valeria V. S. Ferreira



Marcelo da Silva Figueiredo (Mestrando em Comunicação Social - UMESP) e o trabalho "'Creusa e Gina': a evolução da representação da mulher evangélica na teledramaturgia brasileira".



Marcelo da Silva Figueiredo



A mestranda em C. da religião e membro do Mandrágora, Tamires Silva Pereira Prazeres (UMESP), com a comunicação "A dupla resistência da mulher no conflito Israel/Palestina - desde a violação da terra à luta da mulher muçulmana como sujeito legitimador palestinense e atuante na causa palestina".



Tamires Silva Pereira Prazeres



A Doutoranda em C. da Religião e membro do Mandrágora, Priscila Kikuchi Campanario (UMESP) discutindo sobre "As possíveis contribuições das epistemologias pós-coloniais nos estudos relacionados à migração, gênero e religião".



Priscila Kikuchi Campanario



E Esther de Lima Assis (Graduanda em Ciências da Religião - UFJF) com a comunicação "Performance e gênero no Santo Daime: analisando o 'céu das estrelas' em Juiz de Fora".



Esther de Lima Assis



Foi um momento de grande aprendizado e trocas múltiplas entre os participantes do GT, que compartilharam suas pesquisas em torno das Ciências da Religião e de Gênero.
O evento no todo, foi muito enriquecedor trouxe resultados e acrescentou para as pesquisas na área de Religião.
Esperamos agora pelo evento de 2016!

Nenhum comentário: